🛒 Google Shopping pode agora ser gratuito

O Google está a tentar aumentar a sua participação no comércio eletrónico, disponibilizando gratuitamente as listagens do Google Shopping, uma plataforma que, até agora, era uma opção paga, com base no processo regular de licitação de anúncios do Google.



Conforme o Google:

"A partir da próxima semana, os resultados da pesquisa na tab Google Shopping consistirão principalmente em listagens gratuitas, ajudando os comerciantes a conectarem-se melhor com os consumidores, independentemente de anunciarem no Google. Com centenas de milhões de pesquisas de compras no Google todos os dias, sabemos que muitos dos retalhistas têm os itens que as pessoas precisam em stock e estão prontos para enviar, mas são menos detetáveis ​​online".

O Google diz que esta atualização já está em desenvolvimento há algum tempo, mas agora está a acelerar os seus planos para ajudar os comerciantes afetados pelo COVID-19. As listagens pagas continuarão a ser exibidas nos espaços de anúncio e funcionarão da mesma maneira que os anúncios do Google Shopping hoje em dia, mas a maioria dos itens mostrados agora será exibida com base na relevância, não nos lances.


"Para os anunciantes, isso significa que agora as campanhas pagas podem ser aumentadas com listagens gratuitas. Se já é utilizador de anúncios do Merchant Center e do Shopping, não precisa fazer nada para tirar proveito das listagens gratuitas. Do Merchant Center, continuaremos a trabalhar para otimizar o processo de integração nas próximas semanas e meses".

Para quem quer saber mais, o Google diz que as empresas precisam se inscrever no Merchant Center para começar.


"Podes optar por superfícies do Google durante o processo de inscrição no Merchant Center e começar a criar o seu feed de produtos."

Além disso, o Google também está a lançar uma nova parceria com o PayPal, que permitirá aos comerciantes vincular as suas contas, simplificando o processo de conexão, enquanto também trabalha com o Shopify, WooCommerce e BigCommerce, para tornar o comércio digital mais acessível para uma ampla gama de empresas.


As alterações do Google Shopping entraram em vigor nos EUA antes do final de abril, com um plano de expansão global do mesmo até o final de 2020.


#DMParticles #MarketingDigital #Google #Noticia #eCommerce

Artigos Recentes

Artboard 3.png