🚫 Zynn foi removido da Google Play Store



Ainda há pouco tempo falamos sobre o Zynn, que é parcialmente financiado pelo rival chinês da empresa controladora do TikTok. E já temos mais novidades.



Só para relembrar, o Zynn é uma cópia quase direta do TikTok e é financiado pelo Kuaishou, um aplicativo rival do Douyin (a versão chinesa do TikTok). Kuaishou também foi financiado, em parte, pela Tencent, que é a maior empresa de media social da China, e está a trabalhar para combater a crescente concorrência da detentora do TikTok, ByteDance.


O que levou Zynn ao top de aplicativos é o facto de usar, essencialmente, um esquema de pirâmide como tática de crescimento. Ao assistir a vídeos no aplicativo, ganhas dinheiro, enquanto também pode aumentar os teus ganhos no aplicativo fazendo com que os teus amigos também façam download do Zynn. Estes ganhos podem ser usados ​​para comprar cartões-presente e, até, supostamente, transferidos para o PayPal - então, novamente, é como o TikTok, mas com a opção de ganhar dinheiro com o uso.


O que já parece questionável - mas agora o Zynn aparentemente foi apanhado numa tática ainda mais questionável.


Segundo a Wired, o Zynn foi removido da Google Play Store por acusações de que está a roubar o conteúdo das pessoas de outros aplicativos. Por enquanto, o Zynn permanece disponível na App Store, mas a Wired detetou que a Apple também está a investigar o aplicativo.


Agora, não é incomum as pessoas replicarem contas populares em novos aplicativos e até roubarem conteúdo - e não seria surpreendente, dado o incentivo financeiro, ver isso acontecer no Zynn. Mas, como relata a Wired, há um elemento mais preocupante em jogo neste caso:


"O Zynn foi lançado oficialmente na Apple App Store em 7 de maio e foi instalado pela primeira vez pelos utilizadores do Google Play em 5 de maio, de acordo com a Sensor Tower. Muitas das contas apresentam posts desde 19 de fevereiro. O Zynn não respondeu a uma solicitação de comentário enviada para um endereço de e-mail indicado no seu site ".

Parece, pelo menos com base nessas evidências, que os vídeos duplicados devem ter sido enviados pela equipa da Zynn, possivelmente na tentativa de preenchê-lo com conteúdo atraente, e maximizar o seu desempenho.


Para deixar claro, o Google não disse porque motivo o Zynn foi removido da loja Google Play, mas a Wired fornece uma série de exemplos de influenciadores que tiveram o seu conteúdo republicado no Zynn, com perfis no seu nome, sem o seu conhecimento.


#DMParticles #MarketingDigital #Zynn #TikTok #GooglePlayStore

Artigos Recentes

Artboard 3.png